quarta-feira, 4 de maio de 2011

www.vaidarcerto.com.br

Desenvolvimento pessoal | Engenharia mental
Faça as emoções trabalharem a seu favor.
Mais importante do que o Q.I que mede a capacidade de aprender e de processar questões intelectualmente, a inteligência emocional é o que faz a diferença no sucesso que obtemos na vida.
Sim, podemos agir preventivamente em relação às nossas emoções.
Quando conseguimos nos manter estáveis, no controle das nossas atitudes, mesmo diante de situações desagradáveis e estressantes, não nos deixamos capturar pelas emoções. Ao contrário, nos tornamos capazes de identificá-las e de processar o que está acontecendo dentro de nós.

Esse estado de autoconsciência nos dá a competência para escolher nossa atitude em vez de nos deixarmos conduzir por sentimentos descontrolados.

Emoções perturbadoras levam a relacionamentos conturbados e a dificuldades nas interações com outras pessoas. Isso tem efeitos diretos na sua saúde do indivíduo, constituindo fator de risco para o adoecimento.

Ao perceber um pensamento que sinaliza perigo à vista, faça perguntas poderosas, que interrompam os pensamentos que deram origem aos sentimentos desordenados.

O poder das perguntas poderosas.
Uma vez consciente desses pensamentos, você pode interrompê-los, se colocando questões como, por exemplo:  “De que me serve essa emoção”? "O que eu preciso pensar para me sentir melhor em relação a isso"? "Quais serão as consequências de me deixar levar por essa emoção"?

Assim, você coloca a razão a serviço de emoções positivas que mantém sua energia em alta.

A probabilidade de alguma coisa dar errado se você estiver fora do seu eixo, tomado por emoções desordenadas, é grande. Por isso, a capacidade de desenvolver a auto-consciência sobre o que se passa com suas emoções é fundamental.

Isso requer um trabalho silencioso, de autoconhecimento e determinação.  É preciso olhar para dentro e perceber o que realmente acontece dentro de você.

Estabeleça fundações sólidas.

A fundação do terreno é o passo número um para construir qualquer edifício. Sem uma estrutura sólida, por melhor que seja a planta do arquiteto, a qualidade da matéria prima, a competência dos operários e engenheiros, o edifício não se sustenta e cai.

Da mesma forma,  precisamos nos dedicar às nossas fundações. Se quisermos viver com plenitude e sucesso, devemos fortalecer nossa estrutura interna,  aprendendo a compreender e administrar pensamentos e emoções.
Agir com inteligência emocional é usar o pensamento para interromper emoções que drenam sua energia e prejudicam seu desempenho.

Somente quando reconhecemos o que não está funcionando em nossas vidas,  nos tornamos capazes de agir na direção que nos levará às conquistas que desejamos realizar.

Compartilhe e/ou guarde esta página

Nenhum comentário:

Postar um comentário