sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

AS 7 leis da prosperidade: As sete leis espirituais do sucesso 11 0...

AS 7 leis da prosperidade: As sete leis espirituais do sucesso 11 0...: "As sete leis espirituais do sucesso 11 03 2008 As sete leis espirituais do sucesso segundo o autor ..."

 

 Certa vez, um homem esbaforido achegou-se ao grande filósofo e sussurrou-lhe aos ouvidos:
- Escuta, Sócrates... Na condição de teu amigo, tenho alguma coisa muito grave para dizer-te, em particular...
- Espera!... -ajuntou o sábio prudente. Já passaste o que vais me dizer pelos três crivos?
- Três crivos? -perguntou o visitante espantado.
- Sim, meu caro amigo, três crivos. Observemos se tua confidência passou por eles. O primeiro é o crivo da verdade. Guardas absoluta certeza, quanto àquilo que pretendes comunicar?
- Bem, - ponderou o interlocutor, - assegurar mesmo, não posso...Mas ouvi dizer e ...então...
- Exato. Decerto peneiraste o assunto pelo segundo crivo, o da bondade. Ainda que não seja real o que julga saber, será pelo menos bom o que me queres contar?
Hesitando, o homem replicou:
- Isso não... Muito pelo contrário...
-Ah! - tornou o sábio - então recorramos ao terceiro crivo, o da utilidade, e notemos o proveito do que tanto te aflige.
- Útil?!... aduziu o visitante ainda agitado. - Útil não é.
- Bem - rematou o filósofo num sorriso, - se o que tens a confiar não é verdadeiro, nem bom e nem útil, esqueçamos o problema e não te preocupes com ele, já que de nada valem casos sem edificação para nós!...
Aí está, meu amigo, a lição de Sócrates, em questão de maledicência...
 
Irmão X (Chico Xavier)
Livro:  "Mensagens de Saúde Espiritual"

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

COMEÇAR O ANO COM ENERGIA E METAS.


Hoje quero falar com você sobre dois assuntos:
Hoje eu quero falar com você sobre 2011.

Como já diz a música, “adeus ano velho,... Que tudo se realize no ano que vai nascer”.

Então, que 2011 seja para você um ano de realização.

Mas realização não cai do céu. Precisa de preparação.

Resultados sensacionais são consequências de uma preparação sensacional.

Por isso, meu conselho é: separe um tempo, faça uma análise do que você conseguiu neste ano, avalie os seus sonhos, estruture dois ou três objetivos para o ano novo, coloque isso por escrito e dê um jeito de ficar focado o ano inteiro nesses objetivos.

Pessoas que têm objetivos claros sempre têm muito mais sucesso do que aquelas que não têm ideia de para onde estão indo.

Tenha como um de seus objetivos principais que a sua atividade profissional busque ajudar as pessoas a resolverem problemas.

Quanto mais você se especializa em ajudar as pessoas a resolverem seus problemas, mais sucesso você tem, mais dinheiro você ganha.

Pare e pense: que problemas você resolve para o seu cliente? Que problemas você resolve para a sua empresa? Que problemas a sua empresa resolve para os clientes dela?

Não fuja dos problemas... Entusiasme-se com a possibilidade de resolvê-los.

Quando você ajuda as pessoas a resolverem os problemas delas, elas têm o maior prazer em pagar pelo seu trabalho e ajudá-lo a ser um profissional de sucesso.

Assista ao vídeo no link abaixo e se prepare para ser o profissional que o mercado vai procurar em 2011:
http://shinyashiki.uol.com.br/blog/index.php/2010/12/o-podio-sera-seu-em-2011/

Um excelente 2011. Vejo você no pódio!



Um grande abraço,

Roberto Shinyashiki

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

UM OTIMO E REFELEXIVO NATAL E UM ANO NOVO CHEIO DE LUZ.

Fazer Renascer o Natal
     O melhor da festa é esperar por ela, diz o provérbio. O melhor do Natal é ter passado por ele, sentem muito sem dizer. É insuportável a fissura, a loucura e o desequilíbrio desencadeados pelas festas de fim de ano. O consumo e compras compulsórias de produtos, o apetite compulsivo de comilanças, a máscara da alegria estampada no rosto para encobrir o bolso furado, a corrida aos espaços de lazer, as estradas engarrafadas com mortes no trânsito e pedágios caríssimos, as filas intermináveis nos supermercados, os sinos de papel envoltos nas fitas vermelhas dos shoppings centers, aquela mesma musiquinha marota, tudo satura o espírito.     Seria este anticlima um castigo divino à nossa reverência à figura de Papai Noel?
Natal é pouco verso e muito reverso. Em pleno trópico e no verão, nossa imitação enfeita de neve de algodão a árvore de luzinhas intermitentes. O estômago devora castanhas, nozes, avelãs e amêndoas, quando a saúde pede saladas, legumes e principalmente jejuns e purificações.
     Já que o espírito arde de sede daquela Água Viva do poço de Jacó (João 4), afoga-se o corpo em álcool e gorduras buscando, em vão, alimentar o vazio existencial. A gula de Deus busca, em vão, saciar-se no ato de se empanturrar na mesa.     Talvez seja no Natal que nossas carências fiquem mais expostas. Damos presentes sem nos dar, sem cuidarmos de nós, recebemos sem acolher, brindamos sem perdoar, abraçamos sem afeto, damos a mercadoria um valor que nem sempre reconhecemos nas pessoas. No íntimo, os verdadeiros buscadores, estão inclinados à simplicidade da manjedoura. O mal estar decorre do fato de nos sentirmos mais próximos dos salões de Herodes, de nossas ilusões, medo e de sonhos que desistimos      No Brasil, este Natal é de Reis “magros”. A nação, condenada a sustentar todo tipo de parasitas, corruptos, governantes e economistas que sacrificam o povo, dá as costas às alegrias do presépio para trilhar, com recessão, salários diminutos e tributos aumentados; instituições incompetentes e falidas que cuidam de legislar a seu favor, o caminho do Calvário.     Sem que fôssemos consultados, o Brasil foi vendido ao capital da pirataria especulativa, que saqueia nossas bolsas, quebra nossas pequenas e médias empresas, leiloa nosso patrimônio público, dilapida nosso sistema de ensino e gangrena o da saúde, segurança e "justiça". E ainda nos insistem em nos convencer de que esta é a melhor rota para o futuro e que devemos votar naqueles que seqüestram nossos anseios de felicidade.     Mudemos nós o Natal. Abaixo o Papai Noel, viva o Menino Jesus! Em vez de presentes, presença – junto à família, aos que sofrem, aos enfermos, aos soropositivos, às famílias das vitimas de crimes, às crianças de rua, aos dependentes de drogas, aos deficientes físicos e mentais, aos excluídos.     Façamos da ceia, cesta a quem padece de fome e do abraço laço de solidariedade a quem clama por justiça. Instalemos o presépio no próprio coração e deixemos germinar Áquele que se fez pão e vinho para que todos tivessem vida com a fartura e a alegria.     Abandonemos a um canto, a árvore morta coberta de lanjetouras e plantemos no fundo da alma uma oração que sacie nossa fome de transcendência.     Deixemo-nos, como Maria, engravidar pelo espírito de Deus. Então, algo de misteriosamente novo haverá de nascer em nossas vidas.
Texto de Frei Beto

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Acredite..você...pode.: EU QUERO,EU POSSO,EU CONSIGO,EU REALIZO.

Acredite..você...pode.: EU QUERO,EU POSSO,EU CONSIGO,EU REALIZO.: "Faça a Diferença! Você é Capaz Não é o seu talento ou o seu berço de nascença, Não é o seu extrato bancário que determina o valor, Não..."

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

TENHAM TODOS UMA LINDA E SAUDÁVEL SEMANA.

Receita de saúde - Não se preocupe com o amanhã

Postada em domingo, 5 de dezembro de 2010.
O homem tem por hábito preocupar-se sempre com o dia de amanhã.
Não vive o hoje. Vive o ontem e o amanhã.
Preocupar-se é contraproducente, pois não há como prever
o que irá acontecer. Somente Deus tem esse poder.
A preocupação não permite que o homem viva em plenitude,
pois fica paralisado pensando no que poderá lhe acontecer.
Isso causa angústia, ansiedade e sofrimento,
sem falar em outros males físicos que acometem essas pessoas.
Vivamos o dia de hoje da melhor maneira que pudermos,
pois o nosso amanhã será fruto do hoje.
Também não nos apeguemos ao que passou,
pois é passado e não há como mudá-lo.
Confiemos na Providência de nosso Criador.
Tudo está certo e não acontecerá nada do que já não esteja
previsto por nosso Pai Celestial.
Confiemos e sigamos plantando as melhores sementes
que pudermos no dia de hoje, pois amanhã será outro dia
e teremos outras ocupações.
Ocupemo-nos com o que temos a realizar hoje.
A oportunidade perdida hoje não se recupera!
 

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

MARAVILHOSO....VALE A PENA LER.

PORQUE ESTAMOS NO MÊS DO NATAL Floriano Serra
florianoserra@terra.com.br
Se você acredita nas magias do Natal, quem sabe, depois de ler este artigo, você conclua que a Paz e a Felicidade estão mais próximas do que pensamos?
Muitas coisas mágicas acontecem porque estamos no mês do Natal.

Talvez essas coisas mágicas não aconteçam com todo mundo. Nem mesmo sei se acontecem com muitas ou com poucas pessoas. Mas acontecem com algumas.- não que estas sejam melhores que ninguém. Apenas são mais perceptivas a algumas sutis mudanças que ocorrem no ar, no humor e no amor das pessoas - só
porque estamos no mês de Natal.

Uma mudança visível, por exemplo,
no mês do Natal, é que as pessoas sorriem mais. Tornam-se mais tolerantes, mais pacientes. Algumas ficam mais otimistas. Outras ficam mais criativas para acompanhar o otimismo daquelas, ainda que não tenham boas razões para serem otimistas. As ruas e os shoppings ficam apinhados de gente que anda de um lado para o outro, de forma deliciosamente barulhenta. Os sons, a confusão e as algazarras de dezembro fazem parte do cenário natalino. Até o trânsito congestionado faz parte.

Nas empresas, essas mudanças também acontecem,
porque estamos no mês do Natal. Planejam-se almoços, jantares, encontros de confraternização, festas de "amigo secreto", concursos, brincadeiras, distribuição de brinquedos e cestas - sempre com a risonha presença do Papai Noel, mesmo com a barba fora do lugar e um leve hálito de cerveja. E as magias do Natal nas empresas não param por aí: os chefes "durões" relaxam, os "bonzinhos" se derretem, os racionais contemplam tudo com um olhar condescendente de superior compreensão, os atrasos são tolerados, as faltas são abonadas...

Porque estamos no mês de Natal, as portarias das empresas se enchem de brindes e presentes de fornecedores e clientes. Algumas Normas internas tentam proibir essa prática, mas o máximo que conseguem é fazer os brindes e presentes irem parar em outras portarias residenciais.

Porque estamos no mês de Natal todas as equipes de trabalho transformam-se pra valer em equipes de alta performance. Nunca a integração, a sintonia e a harmonia são maiores e mais produtivas que no mês de Natal. Isso é fácil de perceber nos alegres encontros dos colegas nos corredores e nas cristalinas gargalhadas nos refeitórios e mesmo no local de trabalho.

Porque estamos no mês de Natal, mágoas e ressentimentos são arquivados. Aquele aumento que não veio, aquela promoção que não saiu, aquela ofensa, aquele constrangimento, aquela discussão...tudo isso passa batido porque estamos no mês do Natal. E depois, para coroar as festividades, há o inevitável discurso reafirmando que as pessoas são o maior patrimônio das empresas. E assim todos continuam vivendo felizes para todo o sempre - enquanto durar o mês de dezembro.

Querem saber o que eu realmente gostaria que acontecesse? Que ocorressem de fato as mudanças às quais me referi neste artigo. Mas que elas fossem tão duradouras quanto a esperança dos puros de coração, e que, doravante, eu pudesse escrever, a cada mês, mais onze artigos iguaizinhos a este, mudando apenas o nome do mês no título. E que eu pudesse começar o texto de cada um dos artigos desta maneira:
"Muitas mágicas acontecem..." :
-Porque estamos no mês da Confraternização Universal...
-Porque estamos no mês do Carnaval...
-Porque estamos no mês da Semana Santa...
-Porque estamos no mês da Páscoa...
-Porque estamos no mês do Dia das Mães...
-Porque estamos no mês do Corpus Christi...
-Porque estamos no mês das Férias...
-Porque estamos no mês do Dia dos Pais...
-Porque estamos no mês da Independência do Brasil...
-Porque estamos no mês do Dia das Crianças...
-Porque estamos no mês da Proclamação da República..."
e aí recomeçaríamos nossa contínua maratona de fé, esperança e otimismo, porque teria chegado novamente o mês de dezembro, o mês do Natal. Outra alternativa seria decretar que, daqui para a frente, o ano inteiro seria constituído por um único mês, composto de 365 dias, chamado dezembro...

Será sonhar demais supor que a
Paz e a Felicidade poderiam ser conseguidas simplesmente extinguindo-se o nome dos meses ou transformando-os em um só?

Ora, não me levem a sério. Esta pergunta faz parte da magia do Natal. E como toda magia, é só para sonhar com ela.



Floriano Serra
é psicólogo, Diretor de Recursos Humanos e Qualidade de Vida da APSEN Farmacêutica, fundador e diretor-presidente do IPAT -Instituto Paulista de Análise Transacional e da SOMMA4 Desenvolvimento Pessoal e Organizacional. É palestrante e autor de mais de uma dezena de livros sobre o comportamento humano (o mais recente é O gerente que veio do céu) e escreve artigos para diversos jornais, revistas e sites de RH.


Divulgue este artigo para outras famílias e amigos.

Música para Relaxamento e Meditação

terça-feira, 30 de novembro de 2010

GRANDE MESTRA.........OBRIGADO PELO SEU LINDO TRABALHO...www.leilanavarro.com.br

Este Blog
Link daqui
 

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Você lida com suas emoções ou elas lidam com você?
“Se as emoções são inevitáveis, pois vivemos nelas,
vamos usá-las com maestria.”

Para mim, a Alba Emoting criada por Susana Bloch deveria ser considerada a “Inteligência emocional avançada”, é uma metodologia física, prática e direta que desenvolve precisamente as habilidades que são necessárias para uma boa maestria emocional. Pois, hoje em dia, além de manejarmos nosso próprio estado de ânimo, temos que saber manejar o estado de ânimo da equipe, da empresa e, as vezes, até de um país.
Encontrei na Alba Emoting um método eficaz e eficiente de “Gestão dos Estados de Animo”. É uma ferramenta poderosa que desenvolve a maestria emocional facilitando a comunicação do ser humano independente de sua etnia, valores culturais, gênero, etc… pois este metodo se usa de um sistema que é por definição universal, apsicológico, abilógico, acultural e ahistórico, as “Emoções Básicas” .
A Alba Emoting é um método que permite a toda pessoa conectar-se fisicamente com suas 6 emoções básicas (alegria, tristeza, raiva, medo, erotismo e ternura) através de formas precisas de respirações, posturas corporais e expressões faciais, que vão além das palavras. É uma possibilidade de reconhecer as emoções genuinamente, sem confusão, como as expressões das crianças .
A partir deste reencontro com o essencial, podemos voltar a observar e compreender melhor as complexas emoções mistas, as surpreendentes emoções sublimes e as angustias, neuroses e depressões.
O método foi inicialmente focalizado nos atores, pois estes são considerados os atletas das emoções. E ainda que os atores são a exceção e o extremo, hoje em dia, graças a Alba Emoting, a regulação das emoções está também ao alcance de todos de uma forma simples, sem a intervenção mental.
Manejando a tríade especifica “respiração + postura + expressão facial”, podemos sair de um estado de raiva e conseguir a neutralidade e, ainda mais, trazer a você a ternura ou o erotismo; podemos combater a tristeza ou o medo paralisante e transformar em alegria mobilizadora.

Voce quer experimentar “Alba Emoting”?
Se tiver interesse escreva um e-mail para mim (leila@leilanavarro.com.br) para participar do workshop experimental, vivencial que estou preparando para fevereiro de 2011, uma possibilidade para percebermos de uma maneira prática e diferente as emoções em que estamos sem mergulharmos nelas e, assim, aprimorarmos a nossa autoregulação emocional.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Coragem de Camundongo




Diz uma antiga fábula que um camundongo vivia angustiado com medo do gato.
Um mágico teve pena dele e o transformou em gato. Mas aí ele ficou com medo de cão, por isso o mágico o transformou em pantera.

Então ele começou a temer os caçadores.



A essa altura o mágico desistiu. Transformou-o em camundongo novamente e disse:
- Nada que eu faça por você vai ajudá-lo, porque você tem apenas a coragem de um camundongo. É preciso coragem para romper com o projeto que nos é imposto. Mas saiba que coragem não é a ausência do medo, é sim a capacidade de avançar, apesar do medo; caminhar para frente; e enfrentar as adversidades, vencendo os medos...

É isto que devemos fazer. Não podemos nos derrotar, nos entregar por causa dos medos.

Senão, jamais chegaremos aos lugares que tanto almejamos em nossas vidas...

Autor desconhecido

Duas Escolhas




”Luis é o tipo de cara que você gostaria de conhecer”.
“Ele estava sempre de bom humor e sempre tinha algo de positivo para dizer”.
Se alguém lhe perguntasse como ele estava, a resposta seria logo:
“Ah.. Se melhorar, estraga”.
Ele era um gerente especial em um restaurante, pois seus garçons o seguiam de restaurante em restaurante apenas pelas suas atitudes.
Ele era um motivador nato.
Se um colaborador estava tendo um dia ruim, Luis estava sempre dizendo como ver o lado positivo da situação.
Fiquei tão curioso com seu estilo de vida que um dia lhe perguntei:
“Você não pode ser uma pessoa positiva todo o tempo”.
“Como faz isso” ?
Ele me respondeu:
“A cada manhã, ao acordar, digo para mim mesmo”:
“Luis, você tem duas escolhas hoje:
Pode ficar de bom humor ou de mau humor.
Eu escolho ficar de bom humor”.
Cada vez que algo ruim acontece, posso escolher bancar a vítima ou aprender alguma coisa com o ocorrido.
Eu escolho aprender algo.
Toda vez que alguém reclamar, posso escolher aceitar a reclamação ou mostrar o lado positivo da vida.
Certo, mas não é fácil - argumentei.
É fácil sim, disse-me Luis.
A vida é feita de escolhas.
Quando você examina a fundo, toda situação sempre oferece escolha.
Você escolhe como reagir às situações.
Você escolhe como as pessoas afetarão o seu humor.
É sua a escolha de como viver sua vida.
Eu pensei sobre o que o Luis disse e sempre lembrava dele quando fazia uma escolha.
Anos mais tarde, soube que Luis um dia cometera um erro, deixando a porta de serviço aberta pela manhã.
Foi rendido por assaltantes.
Dominado, e enquanto tentava abrir o cofre, sua mão tremendo pelo nervosismo, desfez a combinação do segredo.
Os ladrões entraram em pânico e atiraram nele.
Por sorte foi encontrado a tempo de ser socorrido e levado para um hospital.
Depois de 18 horas de cirurgia e semanas de tratamento intensivo, teve alta ainda com fragmentos de balas alojadas em seu corpo.
Encontrei Luis mais ou menos por acaso.
Quando lhe perguntei como estava, respondeu:
“Se melhorar, estraga”.
Contou-me o que havia acontecido perguntando:
“Quer ver minhas cicatrizes”?
Recusei ver seus ferimentos, mas perguntei-lhe o que havia passado em sua mente na ocasião do assalto.
A primeira coisa que pensei foi que deveria ter trancado a porta de trás, respondeu.
Então, deitado no chão, ensangüentado, lembrei que tinha duas escolhas:
“Poderia viver ou morrer”.


“Escolhi viver”!
Você não estava com medo? Perguntei.
“Os para-médicos foram ótimos”.
“ Eles me diziam que tudo ia dar certo e que ia ficar bom”.
“Mas quando entrei na sala de emergência e vi a expressão dos médicos e enfermeiras, fiquei apavorado”.
Em seus lábios eu lia:
“Esse aí já era”.
Decidi então que tinha que fazer algo.
O que fez ? Perguntei.
Bem. Havia uma enfermeira que fazia muitas perguntas.
Perguntou-me se eu era alérgico a alguma coisa.
Eu respondi: "sim".
Todos pararam para ouvir a minha resposta.
Tomei fôlego e gritei; “Sou alérgico a balas”!
Entre risadas lhes disse:
“Eu estou escolhendo viver, operem-me como um ser vivo, não como um morto”.
Luis sobreviveu graças à persistência dos médicos... mas sua atitude é que os fez agir dessa maneira.
E com isso, aprendi que todos os dias, não importa como eles sejam, temos sempre a opção de viver plenamente.
Afinal de contas,
“ATITUDE É TUDO”.

Duas Escolhas




”Luis é o tipo de cara que você gostaria de conhecer”.
“Ele estava sempre de bom humor e sempre tinha algo de positivo para dizer”.
Se alguém lhe perguntasse como ele estava, a resposta seria logo:
“Ah.. Se melhorar, estraga”.
Ele era um gerente especial em um restaurante, pois seus garçons o seguiam de restaurante em restaurante apenas pelas suas atitudes.
Ele era um motivador nato.
Se um colaborador estava tendo um dia ruim, Luis estava sempre dizendo como ver o lado positivo da situação.
Fiquei tão curioso com seu estilo de vida que um dia lhe perguntei:
“Você não pode ser uma pessoa positiva todo o tempo”.
“Como faz isso” ?
Ele me respondeu:
“A cada manhã, ao acordar, digo para mim mesmo”:
“Luis, você tem duas escolhas hoje:
Pode ficar de bom humor ou de mau humor.
Eu escolho ficar de bom humor”.
Cada vez que algo ruim acontece, posso escolher bancar a vítima ou aprender alguma coisa com o ocorrido.
Eu escolho aprender algo.
Toda vez que alguém reclamar, posso escolher aceitar a reclamação ou mostrar o lado positivo da vida.
Certo, mas não é fácil - argumentei.
É fácil sim, disse-me Luis.
A vida é feita de escolhas.
Quando você examina a fundo, toda situação sempre oferece escolha.
Você escolhe como reagir às situações.
Você escolhe como as pessoas afetarão o seu humor.
É sua a escolha de como viver sua vida.
Eu pensei sobre o que o Luis disse e sempre lembrava dele quando fazia uma escolha.
Anos mais tarde, soube que Luis um dia cometera um erro, deixando a porta de serviço aberta pela manhã.
Foi rendido por assaltantes.
Dominado, e enquanto tentava abrir o cofre, sua mão tremendo pelo nervosismo, desfez a combinação do segredo.
Os ladrões entraram em pânico e atiraram nele.
Por sorte foi encontrado a tempo de ser socorrido e levado para um hospital.
Depois de 18 horas de cirurgia e semanas de tratamento intensivo, teve alta ainda com fragmentos de balas alojadas em seu corpo.
Encontrei Luis mais ou menos por acaso.
Quando lhe perguntei como estava, respondeu:
“Se melhorar, estraga”.
Contou-me o que havia acontecido perguntando:
“Quer ver minhas cicatrizes”?
Recusei ver seus ferimentos, mas perguntei-lhe o que havia passado em sua mente na ocasião do assalto.
A primeira coisa que pensei foi que deveria ter trancado a porta de trás, respondeu.
Então, deitado no chão, ensangüentado, lembrei que tinha duas escolhas:
“Poderia viver ou morrer”.


“Escolhi viver”!
Você não estava com medo? Perguntei.
“Os para-médicos foram ótimos”.
“ Eles me diziam que tudo ia dar certo e que ia ficar bom”.
“Mas quando entrei na sala de emergência e vi a expressão dos médicos e enfermeiras, fiquei apavorado”.
Em seus lábios eu lia:
“Esse aí já era”.
Decidi então que tinha que fazer algo.
O que fez ? Perguntei.
Bem. Havia uma enfermeira que fazia muitas perguntas.
Perguntou-me se eu era alérgico a alguma coisa.
Eu respondi: "sim".
Todos pararam para ouvir a minha resposta.
Tomei fôlego e gritei; “Sou alérgico a balas”!
Entre risadas lhes disse:
“Eu estou escolhendo viver, operem-me como um ser vivo, não como um morto”.
Luis sobreviveu graças à persistência dos médicos... mas sua atitude é que os fez agir dessa maneira.
E com isso, aprendi que todos os dias, não importa como eles sejam, temos sempre a opção de viver plenamente.
Afinal de contas,
“ATITUDE É TUDO”.

www.radiomundial.com.br......conhecendo seus comunicadores.


Carlos Florêncio

Avalie este comunicador:

Apresentador do programa: Consciência Máxima

Carlos Florêncio é professor, escritor, terapeuta, coaching e autor de CDs de meditação (Equilíbrium, Chama Violeta e Energia Rosa). Desde 1985, ministra palestras, conferências e cursos de desenvolvimento pessoal em organizações e empresas em várias cidades do Brasil, Portugal e Inglaterra . Entre seus clientes se destacam: Nokia Brasil, LG-Eletronics e OAB.Viveu na Inglaterra, onde desenvolveu sua formação acadêmica, e em Portugal. Hoje reside em São Paulo e presta atendimento aos seus clientes na sua clínica Zendoâ.

Instituiu e compôs o seu método terapêutico de PHVIDA® – Processo Holístico de Vida, SEEâ – Sistema de Equilíbrio Energético e T.H.â - Terapia Holográfica. Dotado de percepção extra-sensorial, utiliza-se desse seu dom para analisar e interpretar a Aura e os Chakras, detectando assim qual Chakra ou Chakras estão bloqueados e qual é a área da consciência a ser tratada. Profundo conhecedor da consciência humana, conduz e religa as pessoas ao seu verdadeiro propósito evolutivo.

Através da leitura da Aura e dos Chakras, Carlos Florêncio informa, com precisão, qual o propósito de aprendizado evolutivo da pessoa, o que traz de vidas passadas para ser compreendido, o que deve modificar e revela como a pessoa se encontra na sua vida neste momento. Este processo de conscientização gera um esclarecimento sobre qual conduta deve ser assumida. São gravados em CD exercícios de visualização exclusivos, que irão atuar no desbloqueio de padrões inconscientes de auto-sabotagem de cada pessoa. Carlos canaliza vibrações energéticas que potencializam e equilibram as energias interiores, proporcionando bem-estar e saúde. Baseados no desenvolvimento de valores, suas técnicas ajudam a ultrapassar, com clareza e confiança, dificuldades que atrasam o desfrutar de uma conquista harmônica na vida.

O PHVIDA é um método terapêutico que promove o desenvolvimento das potencialidades interiores. Baseado no desenvolvimento de valores, ajuda a ultrapassar, com clareza e confiança, as dificuldades que atrasam nossas conquistas.Este método terapêutico foi criado para que todos encontrem a sua essência individual. Assim, os indivíduos passam a conduzir a vida com uma realidade mais abrangente sobre a realidade em que vivemos e com plena consciência dos impactos positivos e negativos de suas atitudes.Por meio deste método, é possível descobrir, em cada participante, o que é necessário mudar e qual é a forma correta para que possamos nos beneficiar das experiências anteriores. Assim, aproveitamos nossas vivências como fatores de conhecimento para desenvolver nossa sabedoria de atuação na vida.

Telefone: (11) 3487- 0817
E-mail: contato@carlosflorencio.com.br
Site: www.carlosflorencio.com.br

domingo, 24 de outubro de 2010

www.somostodosum.ig.com.br muito importante as matérias desse site.

Por onde anda sua humildade?
:: Rosemeire Zago ::


Por que é tão difícil encontrarmos pessoas que tenham a humildade em suas características? O orgulho, a vaidade, o poder, a soberania e arrogância parecem sempre se sobrepor nas relações humanas. Algumas pessoas consideram o humilde como um ser menos digno, com menos potencial, menos capaz. Quanta ignorância! E assim querem ser tudo, menos humildes. Pisam nos outros, como se estivessem lidando com seres isentos de qualquer sentimento. Na verdade, tratam aos outros dessa maneira, pois não consideram os próprios sentimentos, pois ter sentimento pode representar ser fraco. Não respeitam nada nem ninguém, pois também não se respeitam. Apenas estendem aos outros a maneira como foram tratadas na maior parte de suas vidas, e infelizmente, como ainda se tratam. No fundo, sentem que não são merecedores de amor e assim se tornam incapazes de amar, tornando as relações com quem se envolvem como grande fonte de sofrimento.

A pessoa arrogante, orgulhosa, não conquistou a humildade, pois não sabe apreciar e valorizar a simplicidade. Tem sempre que demonstrar seu ar de superioridade, menosprezando quem está ao seu lado, pois acredita ser esse o caminho que irá garantir ser reconhecido. Desprezar o outro, o faz acreditar que é melhor, superior.

Claro que falar de humildade não torna ninguém humilde. Mas por que é tão difícil praticar a humildade? Nossa sociedade ainda e, infelizmente, associa humildade com inferioridade, fraqueza, submissão e até pobreza. Quando, na verdade, está relacionada com distinção, respeito, gentileza, sensibilidade, graciosidade, simplicidade e, principalmente, autoconhecimento! Afinal, quem tem plena consciência do seu valor pessoal não precisa se exaltar, se mostrar aos outros, nem se comparar. Não precisa gritar para que todos ouçam o quanto é melhor! Não sente necessidade de exibir sua capacidade, seu poder, prestígio ou cultura, porque tem consciência de seus valores internos. Não precisa diminuir o outro para que consiga se elevar.

As pessoas humildes realçam e valorizam as pequenas grandes conquistas do dia-a-dia em sua essência. Tratam as outras pessoas como seres dignos de respeito, pois possuem a capacidade de se colocarem no lugar do outro em seu sofrimento. E você, como se comporta perante o sofrimento de quem ama e das pessoas que sequer conhece? Como trata as pessoas que estão à sua volta? Como valiosos presentes em sua vida ou como se estivessem sempre atrapalhando? Como enfrenta as dificuldades que surgem em seu caminho? Como trata aqueles que por vezes o machucam? Com humildade, serenidade, confiando em sua capacidade de superar e aprendendo com cada uma dessas pessoas ou julgando-as e condenando-as? Por que, por vezes, se torna tão complicado ser flexível diante de alguns acontecimentos? Por que tendemos agir por impulsividade, sem pensar e sem analisarmos as próprias atitudes, como se só o outro fosse errado? Por sermos superiores? Sermos o certo? Quem nos garante que agimos da melhor maneira? Será que somos honestos com o outro como gostaríamos que fossem conosco? Creio que seja preciso um tempo para refletir sobre essas questões e conseguir responder essas perguntas. Afinal, ninguém é superior a ninguém, apenas podemos, sim, estar em momentos ou estágios diferentes, apenas isso.

Pode ser valioso também aprofundar essa análise em sua infância. Conviveu com pessoas arrogantes, orgulhosas? A criança que convive com o preconceito, incompreensão, críticas excessivas, pais inseguros, inflexíveis, excessivamente exigentes, dominadores, pode ter dificuldade quando adulto de desenvolver a humildade, pois para ser aprovada era necessário muitas vezes ser igual, experimentando sempre uma sensação de carência. Assim, se tornam pessoas orgulhosas, não de quem são, mas de quem acreditam ser. O orgulho, arrogância, em geral, faz parte de pessoas com pouco autoconhecimento, por não se conhecerem precisam passar uma imagem de pessoas seguras, exatamente ao contrário do que verdadeiramente sentem. Pisam nos outros como sentem que foram pisadas durante parte de sua vida. Estão sempre buscando corresponder às expectativas dos outros para serem aceitas, ignorando os próprios sentimentos e quem são na verdade. Isso pode gerar um sentimento crônico de insatisfação, buscando sempre ser admirada de alguma maneira. Acredita que o externo, com seus aplausos e reconhecimento, através de sua vaidade extrema e pela busca de status, poderão compensar a falta de contato com seu mundo interior, que na verdade, sequer conhece. Com isso, busca transmitir uma imagem idealizada de ser extremamente importante, não importando os meios pelo qual irá atingir essa imagem. Mas será que vale mesmo a pena ser orgulhoso, arrogante? Será que vale perder um amor por orgulho? Vale perder uma amizade? É mais importante manter sua imagem do que ser humilde o suficiente para admitir seu erro e pedir desculpas? Por que não ser mais amoroso consigo mesmo e aos poucos perceber a riqueza de existe dentro de si? Por que não mudar a maneira de tratar a si mesmo e estender aos outros? Por que não perceber que o aplauso mais significativo com certeza sempre será o seu? Pense sobre isso, acima de tudo com muita, muita humildade!



Rosemeire Zago é psicóloga clínica, com abordagem junguiana e especialização em Psicossomática. Desenvolve o autoconhecimento através de técnicas de relaxamento, interpretação de sonhos, importância das coincidências significativas, mensagens e sinais na vida de cada um, promovendo também o reencontro com a criança interior.
Conheça meu eBook sobre interpretação de sonhos: Os Sonhos e Seus Significados.
Visite seu Site
Email: r.zago@uol.com.br

sábado, 23 de outubro de 2010

htt://seneyasaudetotal.blogspot.com: IMPERDIVELLLLLLL.. CUIDE DE VOCE.CONHEÇA SEUS L...

htt://seneyasaudetotal.blogspot.com: IMPERDIVELLLLLLL.. CUIDE DE VOCE.CONHEÇA SEUS L...: "Queridos Clientes e Amigos Principalmente Aqueles que desejam Viver Mais e Cada Dia Melhor, e que entendem o conceito da Boa Nutrição. Temo..."

IMPORTANTE E IMPERDIVELLLLL...IMPORTANTE E IMPERDIVELLLLL....

Queridos Clientes e Amigos
 
Principalmente Aqueles que desejam Viver Mais e Cada Dia Melhor, e que entendem o conceito da Boa Nutrição.
 
Temos um convite muito especial para vocês !
 
Realizaremos no próximo dia 30 de outubro as 13.00hs, uma Palestra sobre SAÚDE E BEM ESTAR, com renomado Medico Brasileiro, que faz parte do conselho Cientifico da Herbalife.
 
Haverá também degustação de produtos de nossa linha.
 
Será um enorme prazer te-los conosco.
 
Como os lugares sao limitados, reserve já o seu convite !
 
Abraços
Aluísio e Jeane
(13) 3326-0440 begin_of_the_skype_highlighting              (13) 3326-0440      end_of_the_skype_highlighting
8125-2736
 
 

Dr. Nataniel Viuniski Médico Nutrólogo e Pediatra, Chefe do Serviço de Nutrologia do Hospital Unimed - Caxias do Sul, Professor Titular da Disciplina de Obesidade da Faculdade CBES São Paulo, Consultor da Universidade Católica de Brasília, Autor do Livro - Obesidade Infantil - Um Guia Prático - Ed. EPUB - Rio de Janeiro, Mestrando em Atividade Física e Controle de Peso pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul –UFRGS. Membro do Conselho Para Assuntos Nutricionais da Herbalife Internacional.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

PROJETO DE BEM COM A VIDA: 2011 O INICIO DE UM GRANDE SONHO...VIVER E AP...

PROJETO DE BEM COM A VIDA: 2011 O INICIO DE UM GRANDE SONHO...VIVER E AP...: "VAMOS INICIAR O PROJETO DE BEM COM A VIDA NO DIA 10.0l.2011 AS 20.00HS INAUGURAÇÃO OFICIAL COM UM BATE PAPO SOBRE ABRIR O CORAÇÃO PARA ..."

CONHECI HOJE E COMPARTILHO POIS É UM TRABALHO DE UM GRANDE PROFISSIONAL... www.lucianofregapani.com.br

Liderança e Motivação

Manter pessoas e equipes motivadas e comprometidas é um grande desafio para quem gerencia. Confira algumas dicas para manter a motivação em alta na sua empresa:
Conheça os sonhos
Conheça os sonhos pessoais e profissionais de cada integrante de sua equipe e torne-se um parceiro para a conquista destes objetivos. Por exemplo, se o sonho de sua atendente é tornar-se uma advogada, seja um parceiro para ajudá-la a conquistar este sonho, e, com certeza, ela será uma atendente motivada e comprometida com sua empresa. Provavelmente, ela não ficará toda vida trabalhando para você, mas você terá uma atendente motivada pelos próximos 5 anos. Pode ser um paradigma, mas se você ajudá-la a se tornar uma advogada, ele será a melhor atendente que você poderá ter.
E, você, sabe os sonhos de cada integrante de sua equipe?
Lance desafios
Uma pessoa sem desafios é uma pessoa desmotivada. A base da motivação é ter desafios e objetivos para conquistar. Um líder nunca deixa seu liderado sem desafio. Lance desafios constantemente, proponha novas conquistas!
E, você, tem lançado desafios constantes para sua equipe?
Premie Iniciativas
Nada faz mais jus a um prêmio, que atitudes de iniciativa. Premiar iniciativas como “fazer algo a mais para encantar o cliente”, “resolver um problema que não faz parte da função do funcionário”, promover uma melhoria sem ser “mandado”, enfim, ir além das suas atribuições, é, antes de uma atitude digna de premiação, um exemplo para todos na empresa.
No entanto, lembre-se, não premie “intenções”, premie “atitudes”.
Não ao individualismo
Detesto quando vejo quadros do tipo: “Funcionário Destaque do Mês”. Você motiva uma pessoa e desmotiva o restante e, pior, todo mundo sabe que mais cedo ou mais tarde vai figurar no quadro. Mais importante que superar o colega de trabalho é se auto-superar. Se todos os funcionários se superaram no mês, afinal, todos merecem destaque! O fato de alguns serem mais habilidosos que outros, não pode tirar a chance de cada um fazer o melhor que puder e ser premiado por isso. Não que competições entre colegas não sejam saudáveis, e, são, com certeza, motivadoras, mas mais importante é respeitar o potencial de cada um e motivá-lo para a auto-superação.
Premie com capacitação
Cada vez mais estão ganhando destaque nas empresas os prêmios de capacitação, como cursos, treinamentos, etc. Premiar com conhecimento além de ser um incentivo para a melhoria e para o crescimento profissional, é um investimento com retorno garantido.
Elogie
Não há nada mais motivador que receber um elogio e ter seu trabalho reconhecido. Todas as pesquisas na área de recursos humanos, apontam o elogio como fator mais motivador que o próprio salário. Você, como líder, nunca deve deixar passar em branco atitudes dignas de elogio. O lidera que elogia conquista a lealdade e, na hora de cobrar terá muito mais respostas. O funcionário que recebe elogios, assimila com muito mais facilidade críticas e cobranças, e se sente na obrigação de tomar uma atitude de melhoria.
E, você, será que não está somente cobrando e esquecendo de elogiar?
Crítica e Elogio
Sempre inicie uma crítica por um elogio. Antes de criticar e cobrar uma melhoria, reforce aquilo que a pessoa faz bem. E sempre termine uma crítica com um voto de confiança. Por exemplo: Paulo, você é sempre muito cuidadoso no que faz, solicito que tenha mais atenção na hora de conferir os pedidos. Eu sei que você é competente para fazer isso!


  Todos os Direitos Reservados Luciano Fregapani
Palestrante e Conferencista Peoplework - Consultoria e Treinamento Ltda
Fone:(51)9971-4676 begin_of_the_skype_highlighting              (51)9971-4676      

A Origem – uma avalanche de sonhos « Blog da Palestrante Leila Navarro – palestra de motivação e outros temas

A Origem – uma avalanche de sonhos « Blog da Palestrante Leila Navarro – palestra de motivação e outros temas

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

www.gasparetto.com.br sempre trazendo ensinamentos.





Experimente se conhecer!
Amplificando a consciência, ampliamos nossos horizontes.
Por Lousanne Arnoldi De Lucca



A atitude de buscarmos outras perspectivas, de olharmos com mais carinho para nós mesmos e de tentarmos uma compreensão sobre nossos processos demonstra que estamos, realmente, interessados em crescer e tornar nossa vida em algo mais gostoso de ser vivido. Entre as infinitas possibilidades e a realidade, está a minha consciência. Se eu não me dispuser a ampliá-la, não haverá como mudar a realidade em que estou inserido.

Sabemos que a consciência progride e se amplia dia após dia. Sabemos que nada está parado, que momento a momento as mudanças estão acontecendo, que um dia, mais à frente, entenderemos tudo o que neste momento se passa conosco, mas isso não consola, queremos respostas imediatas, queremos entender tudo, queremos soluções para ontem.

Consciência é conhecimento incorporado, é responsabilidade assumida sobre o que sabemos. É preciso viver, experienciar, passar pela situação até se atingir o estado possível para a mudança. Até chegar à compreensão de fato, até sentir o que a vida está pedindo. Não é só o pensamento, é a sensação no corpo, é o encaixe, é o mergulho!

As sensações invadem o nosso ser e entram em contradição com aquelas velhas formas que sempre nos foram úteis. O novo chega e ainda estamos a usar antigas formas que não fazem mais sentido, mas que relutamos em abandonar, porque sempre nos foram boas, embora agora já não estejam funcionando mais. A insatisfação nos invade e não entendemos que ela é a linguagem do invisível, a dizer que há algo precisando ser modificado, transformado, para assim não ficar estagnado. O que fazer? Como lidar com essa estranha e contraditória sensação? Quantas verdades buscamos? Quanta verdade nossa alma pode nos trazer? Quanta verdade podemos aguentar sem desmoronar? Quanta coragem e ousadia temos para enfrentar o que não conhecemos? Temos a impressão de que precisaríamos estar do lado de fora da vida, para entendermos o que nos acontece.

Eu chamaria isso de crise de crescimento. Passamos por ela milhões e milhões de vezes. Precisamos do contraste para poder ver com nitidez, temos ciclos e isso faz parte da tomada de consciência.

É o momento de olharmos para nós sem crítica, observarmos como estamos agindo, sem nos julgarmos como certos ou errados, apenas atentando para nós e para nossos sentimentos, emoções e pensamentos. Quanto mais mágoas, culpas e rancores - em nós - menos vontade. Dificuldades na vida são negociadas dia a dia. Sufoco é quando não me dou espaço para crescer. Não adianta dizer-me: Isso eu já sei! - e continuar me sentindo mal. As imagens de sabedor são mais fortes que a realidade, portanto estou na ilusão. Melhor mesmo é ceder. Quando a gente cede, Deus concede! É na humildade de minha própria condição de aprendiz que mora a possibilidade de ser feliz!













CONFIANÇA GERA COMPROMISSO. POR LEILA NAVARRO.

Quando sentimos que somos merecedores de confiança, que as pessoas confiam na gente, aumenta o nosso grau de comprometimento com elas.
E como posso sentir que a empresa confia em mim?
Não é preciso  lhe darem uma granada na mão como o Capitão Nascimento fez no filme “Tropa de elite”, não.
Existem alguns fatores que fazem com que percebamos esta confiança, mas  para iniciar esta  relação temos que saber que confiança é uma via de mão dupla, isto quer dizer que depende de mim e da empresa.
Existem 2 fatores endogenos aonde eu inspiro confiança na empresa e 5 fatores exogenos, que depende dela, aonde ela inspire confiança em mim. E quando esta via de mão dupla se concretiza, o comprometimento é visivel e real.
Fatores endogenos – Como inspiro confiança -
1- Eu tenho que ter autoconfiança.
2- Eu tenho que ter competência  profissional no papel que exerço na empresa.
Fatores exogenos - Como sinto que a empresa confia em mim -
1- Consciência - Eu tenho que sentir que a empresa  tem consciência de mim como pessoa, como colaborador, e isto tem várias  formas da empresa demonstrar.
2- Clareza - Eu tenho que ter claro o que esperam de mim e de que forma o que  faço afeta o negócio da  empresa do ponto de visto micro e macro, interno  e externo.
3- Compromisso - A medida que a empresa  cumpre  o que promete,  eu sinto cada vez mais confiança nela, que ela me respeita, me considera e é digna da minha confiança.
4- Coerência - A medida que percebo a coerência do que se fala e do que se faz na empresa aumenta o meu grau de confiança nela.
5- Consistência - A medida que me dou conta de que alguns valores são o alicerce sobre o qual se faz o sucesso e a história da empresa.
Quando percebemos esses comportamentos da empresa em relação a nós, aumenta nosso grau de comprometimento e de confiança com ela.
E para você, de que depende que você se comprometa com a empresa onde trabalha?

Aprender e (re)significar « Blog da Palestrante Leila Navarro – palestra de motivação e outros temas

Aprender e (re)significar « Blog da Palestrante Leila Navarro – palestra de motivação e outros temas

APRENDER E (RE) SIGNIFICAR....BLOG DA LEILA NAVARRO. Todos nós nascemos inteligentes. O problema é que com o tempo a gente pode acabar esquecendo algumas inteligências. Quero falar hoje de uma capacidade que todos nós temos que é a de resignificar situações conforme o que o meio proporciona pra gente. Uma criança, por exemplo, se o seu brinquedo quebra ou ela procura outro ou cria uma nova forma de brincar com aquele que ficou diferente. Uma criança sabe que se uma onda desmancha seu castelo de areia, ela deve construir outro onde o mar não pode alcançá-lo. Todos nós temos a capacidade de construir castelos e de buscar entender o significado das ondas. Se algo acontece dificultando sua realização, temos que aprender com essas situações. Tenha em mente que tudo o que te acontece é para você crescer, para sua providência. Nada surge com a intenção de te prejudicar, de te deixar desanimado. Aproprie-se dos obstáculos que encontra no seu caminho para chegar mais preparado no seu destino. Crie, construa, signifique, aprenda. Confie em você!

Todos nós nascemos inteligentes. O problema é que com o tempo a gente pode acabar esquecendo algumas inteligências. Quero falar hoje de uma capacidade que todos nós temos que é a de resignificar situações conforme o que o meio proporciona pra gente.
Uma criança, por exemplo, se o seu brinquedo quebra ou ela procura outro ou cria uma nova forma de brincar com aquele que ficou diferente. Uma criança sabe que se uma onda desmancha seu castelo de areia, ela deve construir outro onde o mar não pode alcançá-lo.
Todos nós temos a capacidade de construir castelos e de buscar entender o significado das ondas. Se algo acontece dificultando sua realização, temos que aprender com essas situações.
Tenha em mente que tudo o que te acontece é para você crescer, para sua providência. Nada surge com a intenção de te prejudicar, de te deixar desanimado. Aproprie-se dos obstáculos que encontra no seu caminho para chegar mais preparado no seu destino.
Crie, construa, signifique, aprenda.
Confie em você!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Além das Aparências.

Antônio, um pai de família, voltava do trabalho dirigindo num trânsito bastante pesado, deparou-se com um senhor que dirigia apressadamente e quando se aproximou do carro de Antônio, deu-lhe uma tremenda fechada, já que precisava atravessar para a outra pista.
Naquela hora, a vontade de Antônio foi de impedir sua passagem, mas pensou: Coitado! Se ele está tão nervoso e apressado assim… Vai ver que está com um problema sério e precisando chegar logo ao seu destino.
Quando Antônio chegou em casa, recebeu a notícia de que seu filho de três anos havia sofrido um grave acidente e fora levado ao hospital. Chegando lá sua esposa falou que o médico chegou a tempo para socorrer o filho, e agora ele já está fora de perigo.
Quando foram conversar com o médico Antônio, aliviado, pediu que sua esposa o levasse até o médico para agradecê-lo.
Qual não foi sua surpresa quando percebeu que o médico era aquele senhor apressado para o qual ele havia dado passagem!
“Procure ver as pessoas além das aparências”. Imagine que por trás de uma atitude, existe uma história, um motivo que leva a pessoa a agir de determinada forma.



quinta-feira, 23 de setembro de 2010

FINALMENTE CHEGAMOS AO FIM....BOA SORTE SEMPRE.

Agora vamos à leitura:

Capítulo 17 - Resumo da Ciência Para Ficar Rico

Existe uma matéria pensante da qual todas as coisas são feitas, e que, em seu estado original, permeia, penetra, e preenche os interespaços do universo. Um pensamento nesta substância produz a coisa que é imaginada pelo pensamento. Uma pessoa pode dar forma às coisas em seu pensamento, e, imprimindo este pensamento na substância amorfa, pode causar a criação da coisa que pensou.

A fim de fazer isto, uma pessoa deve passar da mente competitiva à criativa. De outro modo não poderá estar em harmonia com a inteligência amorfa, que, por natureza, é sempre criativa e nunca competitiva. Uma pessoa pode vir a ficar em total harmonia com a substância amorfa mantendo uma gratidão vívida e sincera para com os benefícios que lhe são conferidos. A gratidão une as mentes dos indivíduos com a inteligência da substância, de modo que, os pensamentos de uma pessoa podem ser recebidos pela amorfa.

Uma pessoa somente pode permanecer no plano criativo, unindo-se a inteligência amorfa por um sentimento profundo e contínuo de gratidão. Uma pessoa deve dar forma a uma imagem mental bem definida e definitiva das coisas que deseja ter, fazer, ou tornar-se, e deve fixar esta imagem mental em seus pensamentos, sendo profundamente grato ao supremo, por todos os seus desejos lhe são concedidos. A pessoa que deseja enriquecer deve passar suas horas de lazer contemplando sua imagem, e em persistente gratidão de que ela realmente lhe será dada.

Muita ansiedade não pode ser diminuir a importância da freqüente contemplação da imagem mental, junto com a fé inabalável e a devotada gratidão. Este é o processo pelo qual a impressão é dada à amorfa e as forças criativas são postas em movimento. A energia criativa trabalha através dos canais estabelecidos pelo crescimento natural, e da ordenação industrial e social. Tudo que for incluído em sua imagem mental será, certamente, trazido à pessoa que segue as instruções dadas acima, e cuja fé não se abala. O que ela quiser, virá pelos caminhos da negociação e do comércio estabelecido.

A fim receber o que é seu, quando estiver pronto para vir, uma pessoa deve agir de modo que seja mais que competente e sobressaia em sua posição atual. Deve fixar em sua mente o propósito de enriquecer, com a realização de sua imagem mental. E deve fazer, a cada dia, tudo que pode ser feito naquele dia, cuidando para realizar cada ação de forma bem sucedida. Deve dar a cada pessoa um valor utilitário, maior do que o valor monetário que recebe, de modo que cada transação favoreça mais a vida, e deve fixar seu pensamento de prosperidade, de modo que a impressão de progresso seja comunicada a todos com quem venha a ter contato.

Os homens e mulheres que praticarem as instruções antecedentes, certamente enriquecerão, e a riqueza que receberão estará na proporção exata à definição de sua imagem, a fixação de seu propósito, a firmeza de sua fé, e a profundidade de sua gratidão.

Livro de Wallace D. Wattles - "A Ciência para Ficar Rico"
Para cancelar o recebimento de nossas mensagens, clique no link abaixo.

CURSO MENTE PROSPERA 16 AULA;

Agora vamos à leitura:


Capítulo 16 - Algumas Advertências e Observações Conclusivas

Muitas pessoas zombam da idéia de que há uma ciência exata para enriquecer. Presas À idéia de que a fonte de riqueza é limitada, insistirão que as instituições sociais e governamentais devem mudar antes, para que um número considerável de pessoas possa ganhar sua subsistência. Mas isto não é verdade.

É verdade que os governantes atuais mantêm o povo na pobreza, mas isto é porque o povo não pensa e não age de uma certa maneira. Caso o povo comece a agir como sugerido neste livro, nem os governos nem os sistemas industriais podem detê-lo; todos os sistemas deverão ser modificados para acomodar o movimento de progresso. Caso o povo tivesse a mente próspera, teria a fé que poderia enriquecer, e fosse adiante com o fixo propósito de enriquecer, nada poderia mantê-los na pobreza.
Os indivíduos podem aderir ao certo modo, em qualquer era e sob qualquer governo, e enriquecer. E quando um número considerável de indivíduos fizer isso, sob qualquer governo, causarão a mudança do sistema, de modo que será aberto caminho para outros. Quanto mais pessoas ficarem ricas no plano competitivo, pior para os outros. Quanto mais ficarem ricas no plano criativo, melhor para os outros.

A salvação econômica das massas só se realizará, quando um grande número de pessoas aplicarem o método científico estabelecido neste livro e enriquecerem. Estes mostrarão aos outros o caminho e inspirarão o desejo de vida real, com a fé que pode ser alcançada, e com o propósito de alcançá-la. Para o presente, entretanto, é bastante saber que, nem o governo sob o qual você vive, nem o sistema capitalista, ou competitivo da indústria, podem afastá-lo do enriquecimento. Quando você entra no plano criativo do pensamento você ascende sobre todas estas coisas e torna-se cidadão de um outro reino. Sempre que recair nos velhos modos de pensamento, corrija-se imediatamente. Quando você passa à mente competitiva, você perde a cooperação da mente suprema. Não perca tempo planejando como você se encontrará com emergências possíveis no futuro, a não ser que as medidas necessárias possam afetar suas ações hoje. Você está comprometido em fazer o trabalho de hoje de modo perfeito e bem sucedido, não com as emergências que podem surgir amanhã. Você pode resolvê-las quando vierem.

Não se preocupe, perguntando-se como você superará os obstáculos que podem aparecer no horizonte de seus negócios, a menos que você veja claramente que seu curso poderá ser alterado hoje, a fim de evitá-los. Não importa o quão colossal uma obstrução possa parecer à distância, você verá que seguindo do certo modo, ela desaparecerá à medida que você se aproxima, ou um caminho sobre, sob, ou em torno dele, aparecerá. Nenhuma combinação possível de circunstâncias pode derrotar um homem ou uma mulher que estejam enriquecendo seguindo linhas estritamente científicas. Nenhum homem ou mulher, que obedece a lei, pode falhar em enriquecer. Ninguém pode multiplicar dois por dois e não conseguir quatro.

Não tenha nenhum pensamento ansioso em relação aos possíveis desastres, obstáculos, pânicos, ou combinações de circunstâncias desfavoráveis. Há tempo bastante para se defrontar com tais coisas quando surgirem diante de você no presente imediato, e você verá que cada dificuldade carrega em si a possibilidade de ser superada.

Controle seu discurso. Nunca fale de si, de seus problemas, ou de qualquer outra coisa de modo desanimado ou desanimador. Nunca admita a possibilidade de falha, ou fale de modo que pressuponha a falha como uma possibilidade. Nunca fale que os tempos estão difíceis, ou das condições de negócio duvidosas. Os tempos podem ser difíceis e as negociações duvidosas, para aqueles que estão no plano competitivo, mas nunca serão assim para você. Você pode criar o que você quer, e você está acima do medo. Quando os outros tiverem tempos difíceis e poucos negócios, você terá oportunidades maiores. Acostume-se a ver e pensar sobre o mundo como algo que está mudando, que está crescendo, a considerar o que parece ruim, como algo que ainda não está desenvolvido. Fale sempre em termos de progresso. Agir de outro modo é negar sua fé, e negar sua fé é perdê-la.

Nunca permita sentir-se decepcionado. Você pode esperar ter uma coisa em algum momento determinado, e ela não chegar neste tempo, e isto parecerá um fracasso. Mas se você se prender à sua fé, você verá que o fracasso é só aparente. Prossiga na certa maneira, e se você não receber essa coisa, você receberá algo muito melhor, e você verá que o fracasso era realmente um grande sucesso.

Um estudante desta ciência ajustou sua mente para fazer uma determinada combinação de negociações, que no momento, lhe pareceram ser as mais desejáveis. E ele trabalhou por algumas semanas para causá-las. Mas, quando o momento crucial veio, ele fracassou de modo totalmente inexplicável. Era como se alguma influência oculta tivesse trabalhado secretamente contra ele. Mas não ficou decepcionado. Pelo contrário, agradeceu a Deus por seu desejo ter falhado, e firme em uma mente grata. Em poucas semanas, veio uma oportunidade muito melhor, de forma que ele não deveria ter levado o primeiro negócio em conta, e ele viu que uma mente que sabe mais do que ele o impediu de perder o melhor comprometendo-se por menos.

Este é o modo que cada fracasso aparente trabalhará para você, se você mantiver sua fé, e fixar seu propósito, e for grato, e fizer - a cada dia - tudo o que pode ser feito naquele dia, fazendo cada um ato separado de modo bem sucedido. Quando você falha é porque você não pediu o bastante. Persevere, e algo melhor do que você estava procurando, virá certamente. Lembre-se disto.

Você não falhará porque não tem o talento necessário para fazer o que você deseja fazer. Fazendo como eu orientei, você desenvolverá todo o talento necessário para fazer seu trabalho. Não é do âmbito deste livro, tratar da ciência do cultivo de talentos, mas é tão certo e simples quanto o processo de enriquecer. Entretanto, não hesite nem se abale pelo medo de que quando você alcançar determinado ponto você falhará pela falta da habilidade. Mantenha-se firme, e quando você alcançar este lugar, a habilidade lhe será fornecida.

A mesma fonte de habilidades que está aberta a você, foi a que permitiu ao autodidata Lincoln fazer o maior e melhor governo já realizado por uma única pessoa. Você pode atrair para sua mente toda sabedoria que há, e usá-la quando se encontrar com as responsabilidades que serão colocadas diante de você. Prossiga na fé total.

Estude este livro. Faça dele seu companheiro constante até que você domine todas as idéias contidas nele. Quando você estiver firmemente estabelecido nesta fé, você estará bem para desistir de divertimentos e permanecer afastado dos lugares onde as idéias que se opõem a ele são pregadas em discursos ou sermões. Não veja literatura pessimista ou conflitante, nem argumente sobre o assunto. Passe a maior parte de seu tempo de lazer contemplando sua imagem, e cultivando a gratidão, e lendo este livro. Ele contém tudo que você necessita saber sobre a ciência de enriquecer, e você encontrará todos os fundamentos resumidos no capítulo seguinte.

15 aula Curso Mente Prospera.

Agora vamos à leitura:


Capítulo 15 - A Pessoa Próspera

O que eu afirmei no último capítulo aplica-se também ao profissional autônomo e ao assalariado, e à pessoa que trabalha com vendas ou outro tipo de negócio.

Não importa se você é um médico, um professor, ou um clérigo, se você puder dar prosperidade à vida dos outros e os fizer cientes desse fato, eles serão atraídos para você, e você ficará rico. O médico que tem a visão de si mesmo como grande e bem sucedido na sua função, e que trabalha para a total realização dessa visão, com fé e propósito, como descrito nos capítulos anteriores, ficará tão próximo da fonte da vida, que será fenomenalmente bem sucedido; os pacientes virão em multidões.

Ninguém tem maior oportunidade de levar adiante os ensinamentos deste livro do que o profissional de medicina. Não importa a qual das várias escolas ele pertence, porque o princípio de cura é o mesmo, e pode ser alcançado por todos, igualmente. A "pessoa próspera" na medicina, que mantém a própria imagem mental de bem sucedida, e que obedece às leis da fé, do propósito, e da gratidão, curará todo caso curável que acompanhar.

No campo da religião, o mundo clama por um clérigo que possa ensinar a seus seguidores a verdadeira ciência da vida abundante. Que domine os detalhes da ciência de ficar rico, junto com as ciências aliadas de estar bem, de ser grandioso, amado. Quem ensinar estes detalhes no púlpito, nunca sentirá falta de uma congregação. Este é um evangelho do qual o mundo necessita; dará prosperidade de vida, as pessoas ouvirão contentes e darão livre patrocínio à pessoa que lhes trouxer isso. Agora é necessária uma demonstração da ciência da vida fora do púlpito.

Nós queremos um pastor que não somente nos diga como, mas que, em sua própria pessoa possa nos mostrar como. Nós necessitamos de um pastor que seja ele próprio rico, saudável, grandioso, e amado, e nos ensine como alcançar estas coisas. E quando ele vier, encontrará numerosos e leais seguidores.

O mesmo será verdade para o professor, que pode inspirar as crianças com a fé e o propósito de uma vida próspera. Ele jamais ficará "ultrapassado". E todo professor que tiver esta fé e propósito, a passará a seus alunos. Ele não poderá evitar isto, já que é parte de sua vida e trabalho. O que é verdade para o professor, o pastor e o médico, é verdade também para o advogado, dentista, corretor imobiliário, agente de seguros - para todos.

As ações mentais e pessoais combinadas, que descrevi, são infalíveis; não podem falhar. Cada homem ou mulher que segue estas instruções com firmeza, perseverança, e ao pé da letra, enriquecerá. A lei da prosperidade da vida é tão matematicamente certa em sua ação quanto a lei da gravidade. Enriquecer é uma ciência exata. O assalariado achará isto tão verdadeiro para o seu caso, quanto foi verdadeiro para os outros mencionados acima. Não ache que você não tem nenhuma possibilidade de enriquecer, porque você está trabalhando onde não há nenhuma oportunidade visível para o progresso, onde os salários são pequenos e o custo de vida alto. Dê, claramente, forma a imagem mental do que você quer, e comece a agir com fé e propósito. Faça todo o trabalho que você puder fazer, a cada dia, e faça cada parte deste trabalho de uma maneira perfeitamente bem sucedida. Ponha o poder do sucesso e o propósito de ficar rico em tudo que você fizer.

Mas não faça isto meramente com a idéia de cair nas graças de seu empregador, na esperança de que, ele ou alguém acima de você, veja seu bom trabalho e o promova. É improvável que façam isso. A pessoa que é meramente um "bom" trabalhador ocupa o seu lugar com o melhor de sua habilidade e satisfaz com isso, é valiosa para seu empregador, e a ele não se interessará em promovê-lo. Ele vale mais onde está. Para o progresso garantido, algo mais é necessário do que se sobressair em seu lugar. A pessoa que seguramente progredirá, será aquela que se destaca em seu lugar, que tem um conceito claro do que quer ser, que sabe que pode se transformar no que quer ser, e que está determinada a ser o que quer ser.

Não tente sobressair-se em seu lugar atual visando satisfazer seu empregador. Faça isso com a idéia de sua própria progressão. Firme-se na fé no propósito de prosperar, antes, durante e depois das horas de trabalho. Firme-se de tal modo, que toda pessoa que tenha contato com você, seja seu chefe, colega, ou conhecido social, sentirá o poder do propósito irradiando de você - de modo que todos captem o senso de prosperidade e progridam com você. As pessoas serão atraídas por você, e se não houver nenhuma possibilidade de progredir em seu trabalho atual, você terá logo oportunidade de fazer um outro trabalho.

Há um poder que nunca deixa de apresentar a oportunidade à pessoa que prospera, que segue em obediência a lei. Deus não pode deixar de ajudar você, se você agir de uma certa maneira. Ele tem de fazer isso para ajudar a si mesmo.

Não há nada em circunstâncias ou na situação industrial que possa derrotá-lo. Caso não possa trabalhar na indústria do petróleo, você pode ficar rico em uma fazenda de dez acres. E se você começar a agir de certa maneira, certamente escapará das "garras" da indústria do petróleo e enriquecerá, na fazenda, ou onde você bem quiser. Caso alguns dos seus milhares de empregados aderissem ao certo modo, os cartéis estariam logo em má situação. Teriam de dar a seus trabalhadores mais oportunidades, ou sair do negócio. Ninguém é obrigado a trabalhar para uma grande companhia, Elas mantém as pessoas numa situação de tal desesperança, que as pessoas tornam-se ou muito ignorantes para a ciência de ficar rico ou muito intelectualmente indolentes para praticá-la.

Comece a pensar e agir de certa maneira, e sua fé e propósito rapidamente lhe farão ver toda oportunidade de melhorar sua condição. E as oportunidades virão rapidamente, pelo poder supremo - trabalhando em tudo e trabalhando para você - que a colocará diante de você.

Não espere por uma oportunidade de ser tudo que você quer ser. Quando uma oportunidade de ser mais do que você é apresentar-se, e você sentir-se impelido para ela, pegue-a, será o primeiro passo para uma oportunidade maior. Não existe nada mais impossível neste universo do que faltar oportunidades para a pessoa que está vivendo a vida próspera. É inerente a constituição do cosmos, que todas as coisas serão para ele, e trabalharão juntas para seu bem. E ela deverá certamente enriquecer aquele que agir e pensar de certa maneira. Deixe assim que os trabalhadores, homens e mulheres estudem este livro com grande cuidado, e entrem com confiança no modo de ação que ele prescreve. Não falhará.