domingo, 24 de outubro de 2010

www.somostodosum.ig.com.br muito importante as matérias desse site.

Por onde anda sua humildade?
:: Rosemeire Zago ::


Por que é tão difícil encontrarmos pessoas que tenham a humildade em suas características? O orgulho, a vaidade, o poder, a soberania e arrogância parecem sempre se sobrepor nas relações humanas. Algumas pessoas consideram o humilde como um ser menos digno, com menos potencial, menos capaz. Quanta ignorância! E assim querem ser tudo, menos humildes. Pisam nos outros, como se estivessem lidando com seres isentos de qualquer sentimento. Na verdade, tratam aos outros dessa maneira, pois não consideram os próprios sentimentos, pois ter sentimento pode representar ser fraco. Não respeitam nada nem ninguém, pois também não se respeitam. Apenas estendem aos outros a maneira como foram tratadas na maior parte de suas vidas, e infelizmente, como ainda se tratam. No fundo, sentem que não são merecedores de amor e assim se tornam incapazes de amar, tornando as relações com quem se envolvem como grande fonte de sofrimento.

A pessoa arrogante, orgulhosa, não conquistou a humildade, pois não sabe apreciar e valorizar a simplicidade. Tem sempre que demonstrar seu ar de superioridade, menosprezando quem está ao seu lado, pois acredita ser esse o caminho que irá garantir ser reconhecido. Desprezar o outro, o faz acreditar que é melhor, superior.

Claro que falar de humildade não torna ninguém humilde. Mas por que é tão difícil praticar a humildade? Nossa sociedade ainda e, infelizmente, associa humildade com inferioridade, fraqueza, submissão e até pobreza. Quando, na verdade, está relacionada com distinção, respeito, gentileza, sensibilidade, graciosidade, simplicidade e, principalmente, autoconhecimento! Afinal, quem tem plena consciência do seu valor pessoal não precisa se exaltar, se mostrar aos outros, nem se comparar. Não precisa gritar para que todos ouçam o quanto é melhor! Não sente necessidade de exibir sua capacidade, seu poder, prestígio ou cultura, porque tem consciência de seus valores internos. Não precisa diminuir o outro para que consiga se elevar.

As pessoas humildes realçam e valorizam as pequenas grandes conquistas do dia-a-dia em sua essência. Tratam as outras pessoas como seres dignos de respeito, pois possuem a capacidade de se colocarem no lugar do outro em seu sofrimento. E você, como se comporta perante o sofrimento de quem ama e das pessoas que sequer conhece? Como trata as pessoas que estão à sua volta? Como valiosos presentes em sua vida ou como se estivessem sempre atrapalhando? Como enfrenta as dificuldades que surgem em seu caminho? Como trata aqueles que por vezes o machucam? Com humildade, serenidade, confiando em sua capacidade de superar e aprendendo com cada uma dessas pessoas ou julgando-as e condenando-as? Por que, por vezes, se torna tão complicado ser flexível diante de alguns acontecimentos? Por que tendemos agir por impulsividade, sem pensar e sem analisarmos as próprias atitudes, como se só o outro fosse errado? Por sermos superiores? Sermos o certo? Quem nos garante que agimos da melhor maneira? Será que somos honestos com o outro como gostaríamos que fossem conosco? Creio que seja preciso um tempo para refletir sobre essas questões e conseguir responder essas perguntas. Afinal, ninguém é superior a ninguém, apenas podemos, sim, estar em momentos ou estágios diferentes, apenas isso.

Pode ser valioso também aprofundar essa análise em sua infância. Conviveu com pessoas arrogantes, orgulhosas? A criança que convive com o preconceito, incompreensão, críticas excessivas, pais inseguros, inflexíveis, excessivamente exigentes, dominadores, pode ter dificuldade quando adulto de desenvolver a humildade, pois para ser aprovada era necessário muitas vezes ser igual, experimentando sempre uma sensação de carência. Assim, se tornam pessoas orgulhosas, não de quem são, mas de quem acreditam ser. O orgulho, arrogância, em geral, faz parte de pessoas com pouco autoconhecimento, por não se conhecerem precisam passar uma imagem de pessoas seguras, exatamente ao contrário do que verdadeiramente sentem. Pisam nos outros como sentem que foram pisadas durante parte de sua vida. Estão sempre buscando corresponder às expectativas dos outros para serem aceitas, ignorando os próprios sentimentos e quem são na verdade. Isso pode gerar um sentimento crônico de insatisfação, buscando sempre ser admirada de alguma maneira. Acredita que o externo, com seus aplausos e reconhecimento, através de sua vaidade extrema e pela busca de status, poderão compensar a falta de contato com seu mundo interior, que na verdade, sequer conhece. Com isso, busca transmitir uma imagem idealizada de ser extremamente importante, não importando os meios pelo qual irá atingir essa imagem. Mas será que vale mesmo a pena ser orgulhoso, arrogante? Será que vale perder um amor por orgulho? Vale perder uma amizade? É mais importante manter sua imagem do que ser humilde o suficiente para admitir seu erro e pedir desculpas? Por que não ser mais amoroso consigo mesmo e aos poucos perceber a riqueza de existe dentro de si? Por que não mudar a maneira de tratar a si mesmo e estender aos outros? Por que não perceber que o aplauso mais significativo com certeza sempre será o seu? Pense sobre isso, acima de tudo com muita, muita humildade!



Rosemeire Zago é psicóloga clínica, com abordagem junguiana e especialização em Psicossomática. Desenvolve o autoconhecimento através de técnicas de relaxamento, interpretação de sonhos, importância das coincidências significativas, mensagens e sinais na vida de cada um, promovendo também o reencontro com a criança interior.
Conheça meu eBook sobre interpretação de sonhos: Os Sonhos e Seus Significados.
Visite seu Site
Email: r.zago@uol.com.br

sábado, 23 de outubro de 2010

htt://seneyasaudetotal.blogspot.com: IMPERDIVELLLLLLL.. CUIDE DE VOCE.CONHEÇA SEUS L...

htt://seneyasaudetotal.blogspot.com: IMPERDIVELLLLLLL.. CUIDE DE VOCE.CONHEÇA SEUS L...: "Queridos Clientes e Amigos Principalmente Aqueles que desejam Viver Mais e Cada Dia Melhor, e que entendem o conceito da Boa Nutrição. Temo..."

IMPORTANTE E IMPERDIVELLLLL...IMPORTANTE E IMPERDIVELLLLL....

Queridos Clientes e Amigos
 
Principalmente Aqueles que desejam Viver Mais e Cada Dia Melhor, e que entendem o conceito da Boa Nutrição.
 
Temos um convite muito especial para vocês !
 
Realizaremos no próximo dia 30 de outubro as 13.00hs, uma Palestra sobre SAÚDE E BEM ESTAR, com renomado Medico Brasileiro, que faz parte do conselho Cientifico da Herbalife.
 
Haverá também degustação de produtos de nossa linha.
 
Será um enorme prazer te-los conosco.
 
Como os lugares sao limitados, reserve já o seu convite !
 
Abraços
Aluísio e Jeane
(13) 3326-0440 begin_of_the_skype_highlighting              (13) 3326-0440      end_of_the_skype_highlighting
8125-2736
 
 

Dr. Nataniel Viuniski Médico Nutrólogo e Pediatra, Chefe do Serviço de Nutrologia do Hospital Unimed - Caxias do Sul, Professor Titular da Disciplina de Obesidade da Faculdade CBES São Paulo, Consultor da Universidade Católica de Brasília, Autor do Livro - Obesidade Infantil - Um Guia Prático - Ed. EPUB - Rio de Janeiro, Mestrando em Atividade Física e Controle de Peso pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul –UFRGS. Membro do Conselho Para Assuntos Nutricionais da Herbalife Internacional.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

PROJETO DE BEM COM A VIDA: 2011 O INICIO DE UM GRANDE SONHO...VIVER E AP...

PROJETO DE BEM COM A VIDA: 2011 O INICIO DE UM GRANDE SONHO...VIVER E AP...: "VAMOS INICIAR O PROJETO DE BEM COM A VIDA NO DIA 10.0l.2011 AS 20.00HS INAUGURAÇÃO OFICIAL COM UM BATE PAPO SOBRE ABRIR O CORAÇÃO PARA ..."

CONHECI HOJE E COMPARTILHO POIS É UM TRABALHO DE UM GRANDE PROFISSIONAL... www.lucianofregapani.com.br

Liderança e Motivação

Manter pessoas e equipes motivadas e comprometidas é um grande desafio para quem gerencia. Confira algumas dicas para manter a motivação em alta na sua empresa:
Conheça os sonhos
Conheça os sonhos pessoais e profissionais de cada integrante de sua equipe e torne-se um parceiro para a conquista destes objetivos. Por exemplo, se o sonho de sua atendente é tornar-se uma advogada, seja um parceiro para ajudá-la a conquistar este sonho, e, com certeza, ela será uma atendente motivada e comprometida com sua empresa. Provavelmente, ela não ficará toda vida trabalhando para você, mas você terá uma atendente motivada pelos próximos 5 anos. Pode ser um paradigma, mas se você ajudá-la a se tornar uma advogada, ele será a melhor atendente que você poderá ter.
E, você, sabe os sonhos de cada integrante de sua equipe?
Lance desafios
Uma pessoa sem desafios é uma pessoa desmotivada. A base da motivação é ter desafios e objetivos para conquistar. Um líder nunca deixa seu liderado sem desafio. Lance desafios constantemente, proponha novas conquistas!
E, você, tem lançado desafios constantes para sua equipe?
Premie Iniciativas
Nada faz mais jus a um prêmio, que atitudes de iniciativa. Premiar iniciativas como “fazer algo a mais para encantar o cliente”, “resolver um problema que não faz parte da função do funcionário”, promover uma melhoria sem ser “mandado”, enfim, ir além das suas atribuições, é, antes de uma atitude digna de premiação, um exemplo para todos na empresa.
No entanto, lembre-se, não premie “intenções”, premie “atitudes”.
Não ao individualismo
Detesto quando vejo quadros do tipo: “Funcionário Destaque do Mês”. Você motiva uma pessoa e desmotiva o restante e, pior, todo mundo sabe que mais cedo ou mais tarde vai figurar no quadro. Mais importante que superar o colega de trabalho é se auto-superar. Se todos os funcionários se superaram no mês, afinal, todos merecem destaque! O fato de alguns serem mais habilidosos que outros, não pode tirar a chance de cada um fazer o melhor que puder e ser premiado por isso. Não que competições entre colegas não sejam saudáveis, e, são, com certeza, motivadoras, mas mais importante é respeitar o potencial de cada um e motivá-lo para a auto-superação.
Premie com capacitação
Cada vez mais estão ganhando destaque nas empresas os prêmios de capacitação, como cursos, treinamentos, etc. Premiar com conhecimento além de ser um incentivo para a melhoria e para o crescimento profissional, é um investimento com retorno garantido.
Elogie
Não há nada mais motivador que receber um elogio e ter seu trabalho reconhecido. Todas as pesquisas na área de recursos humanos, apontam o elogio como fator mais motivador que o próprio salário. Você, como líder, nunca deve deixar passar em branco atitudes dignas de elogio. O lidera que elogia conquista a lealdade e, na hora de cobrar terá muito mais respostas. O funcionário que recebe elogios, assimila com muito mais facilidade críticas e cobranças, e se sente na obrigação de tomar uma atitude de melhoria.
E, você, será que não está somente cobrando e esquecendo de elogiar?
Crítica e Elogio
Sempre inicie uma crítica por um elogio. Antes de criticar e cobrar uma melhoria, reforce aquilo que a pessoa faz bem. E sempre termine uma crítica com um voto de confiança. Por exemplo: Paulo, você é sempre muito cuidadoso no que faz, solicito que tenha mais atenção na hora de conferir os pedidos. Eu sei que você é competente para fazer isso!


  Todos os Direitos Reservados Luciano Fregapani
Palestrante e Conferencista Peoplework - Consultoria e Treinamento Ltda
Fone:(51)9971-4676 begin_of_the_skype_highlighting              (51)9971-4676      

A Origem – uma avalanche de sonhos « Blog da Palestrante Leila Navarro – palestra de motivação e outros temas

A Origem – uma avalanche de sonhos « Blog da Palestrante Leila Navarro – palestra de motivação e outros temas

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

www.gasparetto.com.br sempre trazendo ensinamentos.





Experimente se conhecer!
Amplificando a consciência, ampliamos nossos horizontes.
Por Lousanne Arnoldi De Lucca



A atitude de buscarmos outras perspectivas, de olharmos com mais carinho para nós mesmos e de tentarmos uma compreensão sobre nossos processos demonstra que estamos, realmente, interessados em crescer e tornar nossa vida em algo mais gostoso de ser vivido. Entre as infinitas possibilidades e a realidade, está a minha consciência. Se eu não me dispuser a ampliá-la, não haverá como mudar a realidade em que estou inserido.

Sabemos que a consciência progride e se amplia dia após dia. Sabemos que nada está parado, que momento a momento as mudanças estão acontecendo, que um dia, mais à frente, entenderemos tudo o que neste momento se passa conosco, mas isso não consola, queremos respostas imediatas, queremos entender tudo, queremos soluções para ontem.

Consciência é conhecimento incorporado, é responsabilidade assumida sobre o que sabemos. É preciso viver, experienciar, passar pela situação até se atingir o estado possível para a mudança. Até chegar à compreensão de fato, até sentir o que a vida está pedindo. Não é só o pensamento, é a sensação no corpo, é o encaixe, é o mergulho!

As sensações invadem o nosso ser e entram em contradição com aquelas velhas formas que sempre nos foram úteis. O novo chega e ainda estamos a usar antigas formas que não fazem mais sentido, mas que relutamos em abandonar, porque sempre nos foram boas, embora agora já não estejam funcionando mais. A insatisfação nos invade e não entendemos que ela é a linguagem do invisível, a dizer que há algo precisando ser modificado, transformado, para assim não ficar estagnado. O que fazer? Como lidar com essa estranha e contraditória sensação? Quantas verdades buscamos? Quanta verdade nossa alma pode nos trazer? Quanta verdade podemos aguentar sem desmoronar? Quanta coragem e ousadia temos para enfrentar o que não conhecemos? Temos a impressão de que precisaríamos estar do lado de fora da vida, para entendermos o que nos acontece.

Eu chamaria isso de crise de crescimento. Passamos por ela milhões e milhões de vezes. Precisamos do contraste para poder ver com nitidez, temos ciclos e isso faz parte da tomada de consciência.

É o momento de olharmos para nós sem crítica, observarmos como estamos agindo, sem nos julgarmos como certos ou errados, apenas atentando para nós e para nossos sentimentos, emoções e pensamentos. Quanto mais mágoas, culpas e rancores - em nós - menos vontade. Dificuldades na vida são negociadas dia a dia. Sufoco é quando não me dou espaço para crescer. Não adianta dizer-me: Isso eu já sei! - e continuar me sentindo mal. As imagens de sabedor são mais fortes que a realidade, portanto estou na ilusão. Melhor mesmo é ceder. Quando a gente cede, Deus concede! É na humildade de minha própria condição de aprendiz que mora a possibilidade de ser feliz!













CONFIANÇA GERA COMPROMISSO. POR LEILA NAVARRO.

Quando sentimos que somos merecedores de confiança, que as pessoas confiam na gente, aumenta o nosso grau de comprometimento com elas.
E como posso sentir que a empresa confia em mim?
Não é preciso  lhe darem uma granada na mão como o Capitão Nascimento fez no filme “Tropa de elite”, não.
Existem alguns fatores que fazem com que percebamos esta confiança, mas  para iniciar esta  relação temos que saber que confiança é uma via de mão dupla, isto quer dizer que depende de mim e da empresa.
Existem 2 fatores endogenos aonde eu inspiro confiança na empresa e 5 fatores exogenos, que depende dela, aonde ela inspire confiança em mim. E quando esta via de mão dupla se concretiza, o comprometimento é visivel e real.
Fatores endogenos – Como inspiro confiança -
1- Eu tenho que ter autoconfiança.
2- Eu tenho que ter competência  profissional no papel que exerço na empresa.
Fatores exogenos - Como sinto que a empresa confia em mim -
1- Consciência - Eu tenho que sentir que a empresa  tem consciência de mim como pessoa, como colaborador, e isto tem várias  formas da empresa demonstrar.
2- Clareza - Eu tenho que ter claro o que esperam de mim e de que forma o que  faço afeta o negócio da  empresa do ponto de visto micro e macro, interno  e externo.
3- Compromisso - A medida que a empresa  cumpre  o que promete,  eu sinto cada vez mais confiança nela, que ela me respeita, me considera e é digna da minha confiança.
4- Coerência - A medida que percebo a coerência do que se fala e do que se faz na empresa aumenta o meu grau de confiança nela.
5- Consistência - A medida que me dou conta de que alguns valores são o alicerce sobre o qual se faz o sucesso e a história da empresa.
Quando percebemos esses comportamentos da empresa em relação a nós, aumenta nosso grau de comprometimento e de confiança com ela.
E para você, de que depende que você se comprometa com a empresa onde trabalha?

Aprender e (re)significar « Blog da Palestrante Leila Navarro – palestra de motivação e outros temas

Aprender e (re)significar « Blog da Palestrante Leila Navarro – palestra de motivação e outros temas

APRENDER E (RE) SIGNIFICAR....BLOG DA LEILA NAVARRO. Todos nós nascemos inteligentes. O problema é que com o tempo a gente pode acabar esquecendo algumas inteligências. Quero falar hoje de uma capacidade que todos nós temos que é a de resignificar situações conforme o que o meio proporciona pra gente. Uma criança, por exemplo, se o seu brinquedo quebra ou ela procura outro ou cria uma nova forma de brincar com aquele que ficou diferente. Uma criança sabe que se uma onda desmancha seu castelo de areia, ela deve construir outro onde o mar não pode alcançá-lo. Todos nós temos a capacidade de construir castelos e de buscar entender o significado das ondas. Se algo acontece dificultando sua realização, temos que aprender com essas situações. Tenha em mente que tudo o que te acontece é para você crescer, para sua providência. Nada surge com a intenção de te prejudicar, de te deixar desanimado. Aproprie-se dos obstáculos que encontra no seu caminho para chegar mais preparado no seu destino. Crie, construa, signifique, aprenda. Confie em você!

Todos nós nascemos inteligentes. O problema é que com o tempo a gente pode acabar esquecendo algumas inteligências. Quero falar hoje de uma capacidade que todos nós temos que é a de resignificar situações conforme o que o meio proporciona pra gente.
Uma criança, por exemplo, se o seu brinquedo quebra ou ela procura outro ou cria uma nova forma de brincar com aquele que ficou diferente. Uma criança sabe que se uma onda desmancha seu castelo de areia, ela deve construir outro onde o mar não pode alcançá-lo.
Todos nós temos a capacidade de construir castelos e de buscar entender o significado das ondas. Se algo acontece dificultando sua realização, temos que aprender com essas situações.
Tenha em mente que tudo o que te acontece é para você crescer, para sua providência. Nada surge com a intenção de te prejudicar, de te deixar desanimado. Aproprie-se dos obstáculos que encontra no seu caminho para chegar mais preparado no seu destino.
Crie, construa, signifique, aprenda.
Confie em você!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Além das Aparências.

Antônio, um pai de família, voltava do trabalho dirigindo num trânsito bastante pesado, deparou-se com um senhor que dirigia apressadamente e quando se aproximou do carro de Antônio, deu-lhe uma tremenda fechada, já que precisava atravessar para a outra pista.
Naquela hora, a vontade de Antônio foi de impedir sua passagem, mas pensou: Coitado! Se ele está tão nervoso e apressado assim… Vai ver que está com um problema sério e precisando chegar logo ao seu destino.
Quando Antônio chegou em casa, recebeu a notícia de que seu filho de três anos havia sofrido um grave acidente e fora levado ao hospital. Chegando lá sua esposa falou que o médico chegou a tempo para socorrer o filho, e agora ele já está fora de perigo.
Quando foram conversar com o médico Antônio, aliviado, pediu que sua esposa o levasse até o médico para agradecê-lo.
Qual não foi sua surpresa quando percebeu que o médico era aquele senhor apressado para o qual ele havia dado passagem!
“Procure ver as pessoas além das aparências”. Imagine que por trás de uma atitude, existe uma história, um motivo que leva a pessoa a agir de determinada forma.