domingo, 29 de agosto de 2010

Valcapelli nos explica sobre A metafísica da Sáude,vale a pena ler.

ROMOTERAPIA, METAFÍSICA E AUTO-AJUDA

(Matéria publicada na Revista Terapias Holísticas  
Ano I - Nº 02 - sessão Energia & Mente - págs. 32 à 37)
Criando vida... 
Metafísica da Saúde
Valcapelli

Quem já não ouviu falar sobre as doenças psicossomáticas? Mas, como se dá a transposição da enfermidade corpo físico? Essa é a chave para a verdadeira saúde.

Valcapelli
A condição interna do ser humano é um fator determinante para a saúde do corpo. Quando esse é afetado por alguma doença, sem dúvida existe algum conflito desestabilizando o quadro emocional da pessoa. As pesquisas sobre a causa metafísica das doenças objetivam exatamente a compreensão da origem dos males físicos, possibilitando ao doente um recurso de auto ajuda. E tudo isso segue paralelo ao tratamento clínico, indispensável para a breve recuperação do organismo afetado pela doença. 
Apesar das pesquisas metafísicas não serem de cunho científico, elas têm sido recebido com grande simpatia por muitos profissionais da área de saúde, pois abordam fatos facilmente observados em seus consultórios, durante o contato com os enfermos. Muitos médicos, além de simplesmente diagnosticar doenças, mantêm uma boa relação médico-paciente. Esse procedimento é de máxima importância. Não basta conhecer o histórico físico da pessoa - também é necessário tratá-la com humildade, reconhecendo as angústias e medos que a doença pode desencadear naquele ser. O médico que adota essa conduta é benquisto pelos pacientes, e tal procedimento conta muito na hora de escolher com qual profissional a pessoa irá se tratar. Essa atitude por parte do médico acaba ajudando o paciente a entrar em contato com suas emoções para identificar as principais dificuldades, medos e receios que criam uma espécie de ressonância com certos males físicos. O médico pode inclusive averiguar a veracidade de suas descobertas sobre a condição emocional que provoca a somatização da doença no corpo.
Os estudos acerca do emocional desencadeador dos males físicos não põem a baixo os caminhos orgânicos das doenças; apenas acrescenta, desvendando a condição interna do doente.

E nem tampouco descarta a necessidade de tratar o órgão adoecido. É importante observar que, quando existe a somatização no físico, há a necessidade da ação medicamentosa ministrada pelos médicos.

As descobertas sobre a causa metafísica das doenças representam um recurso a mais para sanar o mal do corpo por meio da reformulação interior - afinal, o maior aval das causas metafísicas das doenças é dado pelas próprias pessoas que apresentam os sintomas, pois eles revelam os conflitos e dificuldades com que elas freqüentemente se deparam na vida cotidiana.
Como pesquisador metafísico, tenho investido toda minha atenção na descoberta das origens metafísicas dos problemas que afetam o corpo. Venho realizando esse trabalho há mais de seis anos, ministrando cursos sobre este tema e dando orientações em meu programa semanal na Rádio Mundial FM (95,7, todas as quartas-feiras, das 9 às 10 da manhã). Minhas orientações sobre as doenças e a necessidade do paciente realizar um trabalho interior têm sido praticadas por aqueles que me solicitam e os resultados têm sido surpreendentes. O sucesso desse trabalho deve-se à grande verdade contida naquilo que é apontado para as pessoas, pois atinge o principal foco de conflito vivenciado em suas vidas. Já lancei o primeiro volume de uma obra elaborada com o objetivo de explicar a causa metafísica das principais enfermidades que afetam os órgãos do corpo. O livro foi publicado em parceria com Luiz Antonio Gasparetto, intitulado Metafísica da Saúde (Editora Vida & Consciência).
Por que adoecemos?
A doença é um processo orgânico que se instala em corpos debilitados. Por exemplo: uma infecção provocada por agentes transmissores. Os mecanismos que desencadeiam as moléstias são devidamente traçados pela medicina, mas existe uma grande margem para o questinamento: por que muitas pessoas têm contato com o mesmo vírus e só algumas são contagiadas? A vulnerabilidade do sistema imunológico, que permite a proliferação dos agentes invasores, ocorre devido a uma condição interna desestabilizada. Cada distúrbio orgânico decorre de um conflito emocional, que a metafísica da saúde aponta com precisão, compreendendo, portanto, o que está acontecendo com a pessoa para seu corpo adoecer.
O corpo não altera seu metabolismo ou apresenta fragilidade de um órgão de maneira aleatória - tudo ocorre devido a uma condição conflitante do ser que habita o organismo. Nós todos somos individualidades manifestando-se na esfera física, animando um corpo com muitos órgãos e uma infinidade de funções biológicas. A metafísica da saúde tem como principal objetivo identificar os conflitos que desencadearam determinado mal físico. É importante compreender que cada pessoa é uma individualidade à parte, mas somos muito parecidos nas dificuldades e conflitos que enfrentamos.
Cada um de nós está vivenciando situações que visam desenvolver os potenciais do nosso ser. Muitos apresentam conflitos entre a vontade de realizar ou não alguma coisa, ou mesmo de expressar seus medos, insegurança, incertezas etc. Geralmente isso ocorre devido pela falta de autovalorização, pela baixa estima, pela negação de si próprio no meio em que habita. As pessoas sufocam suas vontades, mas não as perdem. Pode-se dizer que, mesmo não realizando o que gostariam, elas continuam sentindo o desejo, e este permanece tão reprimido que nem elas mesmas se dão conta de sua existência. O mesmo ocorre com os potenciais latentes no ser: eles podem ser reprimidos, mas nunca os perdemos.
O fato de continuar existindo um foco de vontade gera impulsos que mobilizam a bioenergia do corpo para sua manifestação. Esse processo é interrompido pelos bloqueios estabelecidos no universo psicológico e cria os conflitos que, metafisicamente, são o foco desencadeador das doenças no corpo. Em resumo esse processo interno provoca os distúrbios fisiológicos no corpo e é a causa metafísica das doenças.
Visão holística

A metafísica compreende o ser como um todo. A alma mobiliza os fenômenos psíquicos e do inconsciente brotam as emoções. Portanto, não se pode conceber que o foco do conflito seja puramente psicológico. As repressões estabelecidas por conceitos e valores absorvidos durante a vida não são a principal causa dos males físicos, mas sim os sentimentos nocivos que as pessoas cultivam em seu interior, como mágoas, ressentimentos, etc. Existem ainda as condições de autodepreciação, como falta de amor próprio, etc. Essas posturas internas desencadeiam mecanismos psicológicos e figuram entre as principais causas dos males orgânicos. A metafísica da saúde oferece uma visão holística dos mecanismos psicossomáticos. O corpo é o veículo de manifestação do ser e o referencial de expressão dos potenciais da alma. Cada parte do corpo reflete um conteúdo espiritual. Quando preservamos essas condições internas nós mantemos a saúde.
Vejamos agora, de forma resumida, o que alguns sistemas do corpo representam metafisicamente:
Sistema Respiratório: capacidade de interação com o ambiente. A saúde desse sistema é mantida quando a pessoa interage bem com o meio onde vive, sentindo-se parte integrante dele. Em geral, problemas respiratórios refletem as dificuldades para se inteirar com a vida e expressar-se diante das pessoas ao redor.
Sistema Circulatório: capacidade de fluir pela vida, fazer aquilo que a pessoa tem vontade, de modo a não gerar desarmonia no ambiente. Realizar tudo que for necessário para bem viver, para manifestar as idéias e realizar os objetivos. De modo geral, as doenças cardiovasculares refletem a maneira indevida com que as pessoas conduzem sua vida. Elas não preservam aquilo que brota do seu ser, reprimem-se diante dos obstáculos, ou ainda, substituem seu valores básicos, passando a viver em função de objetivos que não são verdadeiramente importantes ao seu ser.
Sistema Urinário: reflete o âmbito da parceria e relacionamento. É o referencial da habilidade de se relacionar: manifestar sentimentos, estabelecer laços afetivos e promover uma convivência feliz. A pessoa que apresenta complicações renais encontra muita dificuldade para estabelecer relacionamentos harmoniosos em sua vida.
Cada órgão que integra os sistemas do corpo possui uma representação metafísica. Conseqüentemente as doenças têm um fator emocional desestabilizado. Uma vez reparado o problema, através da consciência metafísica, a pessoa obterá condição internas favoráveis a sua completa recuperação.
(Matéria publicada na Revista Terapias Holísticas
Ano I - Nº 02 - sessão Energia & Mente - págs. 32 à 37)

Um comentário:

  1. Muito obrigada Valcapelli pelo seu trabalho ,sempre com tanto respeito e profissionalismo.

    ResponderExcluir